Consulta Virtual

Com comprometimento e ética, a Buganza & Viesi oferece soluções legais nas diversas áreas do Direito. Com uma postura inovadora, realizamos uma abordagem detalhada através de um atendimento personalizado aos nossos clientes, com quem estabelecemos uma verdadeira parceria.

Com uma equipe profissional qualificada, a Buganza & Viesi busca promover alternativas ágeis e efetivas em todo o processo da comunicação oferecendo atendimento via WhatsApp. Dessa forma, a troca de informações é mais rápida, além de possibilitar soluções de pendências sem sair de casa.

Consulta virtual e resolução de dúvidas jurídicas

Se você não é nosso cliente e busca esclarecimento jurídico através de informações de caráter geral, teremos o maior prazer de lhe auxiliá-lo por e-mail ou WhatsApp. Entretanto, caso o atendimento seja sobre casos específicos, é preciso que seja realizado  presencialmente, para garantir uma análise profunda e acertada do caso.

Essa abordagem é tomada pensando na sua proteção. Afinal, um contato direto com o profissional é fundamental para garantir uma orientação eficiente. Traçando um paralelo com o campo da medicina, uma consulta médica jamais deve ser feita virtualmente, embora seja possível tirar algumas dúvidas com um médico de confiança. Na advocacia, as mesmas regras se aplicam.

Objetivo de Buganza & Viesi

Nosso principal objetivo é desenvolver um atendimento personalizado e eficiente com nossos clientes. Além disso, buscamos sempre promover informações de qualidade através de nossas redes sociais, a fim de esclarecer dúvidas e criar um público mais consciente.

Transparência e confiabilidade são aspectos importantíssimos em um relacionamento entre advogado e cliente. Por isso, a Buganza & Viesi utiliza plataformas que promovem essas características. Afinal, sabemos que não é fácil encontrar um bom advogado online.

Cuidados necessários em consultorias virtuais

A consultoria jurídica virtual é uma ferramenta poderosa, que pode auxiliar muitos clientes a obter aconselhamento de qualidade e sanar dúvidas sem precisar sair de casa. Contudo, muitas empresas utilizam os termos “consultoria virtual” ou “advogado online” de forma irresponsável para promover cadastros, muitas vezes pagos, em suas plataformas.

Essa iniciativa tem sido coibida pela OAB, que entende haver exploração comercial incompatível com a figura do advogado. Todavia, esse tipo de serviço é muito comum e, o que é mais preocupante, é produzido por pessoas que não são qualificadas. Assim, além de não estarem sujeitas a limitações impostas pela OAB, tornam a consultoria algo perigoso, ludibriando o consumidor.

Por outro lado, não há como negar que a ideia da advocacia online, como ferramenta de comunicação, é interessante, e tem propiciado uma fonte alternativa para a obtenção de clientes – especialmente para advogados em início de carreira.

É importante, portanto, que você escolha um profissional por sua reputação, experiência e especialização, e não por uma lista genérica de qualidades dispostas no site da empresa.

Como verificar a reputação de um advogado?

Para ajudá-lo em sua escolha, a Buganza & Viesi preparou um pequeno plano de verificação para que você minimize os riscos e contrate um advogado responsável e com a experiência necessária. 

Em primeiro lugar, é preciso encontrar os profissionais. Uma pesquisa no Google pelo termo “advogado online” pode fornecer algumas opções. Entretanto, existem outros serviços com foco em profissionais jurídicos, onde também é possível encontrar aqueles que oferecem consultas virtuais. Os principais sites utilizados são:

  • www.jusbrasil.com.br
  • www.dubbio.com.br/
  • www.hubjur.com.br

Esses serviços são gratuitos e é possível obter respostas dos advogados que estão cadastrados na plataforma de maneira relativamente simples. Contudo, tenha em mente que os trabalhos oferecidos pelos advogados provavelmente serão pagos.

Depois de encontrar um profissional que seja compatível com suas necessidades, é preciso realizar uma pesquisa um pouco mais aprofundada. Existem alguns métodos diferentes para realizá-la. Confira:

1. CNA – Cadastro Nacional de Advogado

O primeiro passo é verificar a situação do profissional junto à Ordem dos Advogados do Brasil. Essa é uma etapa indispensável e fundamental.

Para realizar essa verificação, é preciso acessar o Cadastro Nacional de Advogados. Na plataforma, basta colocar o nome do profissional ou o seu número de inscrição na OAB. Se o advogado estiver regularizado com a Ordem, pode considerá-lo para consultoria. Caso esteja irregular, descarte-o imediatamente.

b) Pesquisas online

Uma pesquisa no Google – ou no seu serviço de busca favorito – pode revelar muitas coisas sobre o profissional. Por isso, busque pelo nome escolhido. Verifique se ele possui eventuais referências ou citações, indicações em matérias jornalísticas, artigos, publicações ou cursos.

Todas essas informações são um ótimo sinal e servem para dar respaldo à reputação do advogado. Além disso, caso ele já tenha tido uma má conduta no passado, os relatos de clientes provavelmente estarão disponíveis online também.

c) Pesquisa de número de processos nos Tribunais

Finalmente, se quiser verificar o grau de experiência do profissional, a alternativa é pesquisar quantos processos ele mantém em seu nome. Para analisar os resultados obtidos nessa etapa, é preciso considerar o local onde o advogado trabalha.

Caso ele esteja afiliado a um grande escritório jurídico, ele poderá ter uma enorme variedade de processos indexados em seu nome. Entretanto, caso o advogado atue de forma independente ou em um escritório menor, é esperado que os números sejam reduzidos. De qualquer forma, a pesquisa é válida para compreender a experiência e a atividade do profissional contratado. 

Uma alternativa fácil para verificar esses dados é a busca em websites de indexação, como o Escavador. Uma vez na plataforma, procure pelo nome do advogado e número da OAB para conseguir as informações necessárias.

Outra possibilidade é verificar o website do Tribunal em que o profissional atua. No caso de advogados cíveis e criminais, o Tribunal de Justiça do seu Estado.

No exemplo abaixo usaremos o Tribunal de Justiça de São Paulo, que utiliza o sistema E-Saj, mas é importante notar que dependendo do Tribunal, esse método pode ser inviável. Após acessar o site do Tribunal, clique em consultas processuais para prosseguir com a busca.

Você será direcionado à tela abaixo. Clique em “consultas de processo do 1º Grau”.

Procure o campo “pesquisar por” e selecione a opção “nome do advogado”. Se o nome for muito comum ou se você quer ter mais segurança em sua busca, poderá também utilizar o campo “OAB”, e preenchê-lo com o número de registro do profissional. Ao clicar em “pesquisar” o site apresentará a quantidade de processos correntes vinculados ao registro do advogado em questão, além de detalhes específicos de cada caso. 

Após realizar essas verificações, entre em contato com o profissional e agende uma consulta virtual. 

Uma boa ideia é ter algumas alternativas diferentes para comparar abordagens e taxas de um especialista para o outro. Além disso, sempre que possível opte pelo contato pessoal direto, esse é um meio de garantir confiança na relação entre cliente e advogado.